Saturday, March 01, 2014

Prefeito Xing Ling

Para quem não sabe, xing ling é o nome que o povo dá para produtos falsificados. Com isso na cabeça e cheio de bronca no coração, enviou um leitor do G1 Rio o seguinte comentário sobre o nosso prefeito Eduardo Paes: "Jumento de primeira e imitação barata de Pereira Passos. Xing Ling do Paraguai." Entenderam? "Xing Ling do Paraguai". Soa como a falsificação da falsificação. Tipo foto de foto adulterada.

(Uma observação. *Todo* prefeito do Rio que começa a fazer uma pá de obras é logo comparado com Pereira Passos. E todo prefeito morre de vontade de ser lembrado como o novo P. Passos. Como diria Marx, é o replay histórico e bufão.)

A população está iracunda. Se um dia insultaram o Prefeito num restaurante ("Falei pra ele que [ele que] é um bosta", confessou o sujeito que terminou sentindo literalmente o braço forte da autoridade), noutro deram um Mega Pedala-Robinho no Secretário de Obras. Não faltou quem louvasse no G1 Rio a agressão. Alguém chegou a dizer: "Não sei porque, mas isso me fez sentir bem". E não é só a população do Rio que está indignada. Conheço gente da região metropolitana que por um motivo ou outro *detesta* o nosso prefeito. O homem virou parâmetro de ruindade ("jumento de primeira", conforme o leitor do G1). Um amigo meu de Niterói chegou a dizer: "E eu que achava que o nosso prefeito anterior era horrível..."

Que fazer? Eduardo Paes continuará abusando de nossa paciência. Só 2016 expulsa o presepeiro do governo...

1 comment:

Adalberto Queiroz said...

Olá, amiga Tanja Krämer:
Não sou de ficar xingando, não que não goste de vez em quando de desabafar com um xingamentozinho.
Mas que isso se aplica direitinho, em quantidade e em método ao sr. Paulo Garcia, prefeito de Goiânia(GO), ah, isso se sim...
O sujeitinho, além disso, tem o rei na barriga. A nossa lixeira urbana estava cheia até ontem e ele foi atrás da madrinha Dirma, a quem na guerrilha visitou, pra pedir a benção e um dinheirim...pra obras do PAC - Programa A Caca, que num caba... Nunca antes na história dos Goyazes, tivemos uma anta tão anta assim... Tenho dito.
Beto.