Sunday, March 13, 2011

Vingança de Deus

Existem pecados que clamam a Deus por vingança. Quais? Diz o Catecismo: "Bradam ao céu: o sangue de Abel, o pecado dos sodomitas; o clamor do povo oprimido no Egito; a queixa do estrangeiro, da viúva e do órfão; a injustiça contra o assalariado." Já o Catecismo de São Pio X diz assim:

963) Quais são os pecados que bradam ao Céu e pedem vingança a Deus?

Os pecados que bradam ao Céu e pedem vingança a Deus são quatro:

1º homicídio voluntário;
2º pecado impuro contra a natureza;
3º opressão dos pobres, principalmente órfãos e viúvas;
4º não pagar o salário a quem trabalha.

964) Por que se diz que estes pecados pedem vingança a Deus?

Diz-se que estes pecados pedem vingança a Deus, porque o diz o Espírito Santo, e porque a sua malícia é tão grave e manifesta, que provoca o mesmo Deus a puni-los com os mais severos castigos.

Quero tratar da opressão dos pobres e de não pagar o salário a quem trabalha.

Opressão dos pobres. Como se sabe, os judeus prosperavam no Egito. Então os egípcios resolvaram oprimi-los com manhas: "Impunham-lhes a mais dura servidão". Botaram os judeus para trabalhar feito uns condenados. Sem contar a ordem do Faraó para que as parteiras egípcias matassem os meninos. Os judeus clamaram. Clamaram, e foram atendidos:


7.O Senhor disse: “Eu vi, eu vi a aflição de meu povo que está no Egito, e ouvi os seus clamores por causa de seus opressores. Sim, eu conheço seus sofrimentos.
8.E desci para livrá-lo da mão dos egípcios e para fazê-lo subir do Egito para uma terra fértil e espaçosa, uma terra que mana leite e mel, lá onde habitam os cananeus, os hiteus, os amorreus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus.
9.Agora, eis que os clamores dos israelitas chegaram até mim, e vi a opressão que lhes fazem os egípcios.
 

Quando Deus resolveu agir, botou para quebrar: With a strong hand and an outstretched arm. Deuteronômio em inglês, legal até de pronunciar (mais ainda com sotaque britânico).

Há outras formas de oprimir os pobres.

Veja isso: "O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira (18) que uma carga tributária elevada é necessária para o desenvolvimento social de um país." A população não acha isso: "A carga tributária é considerada elevada para 97,1% da população das seis principais regiões metropolitanas do país, quando comparada com a qualidade dos serviços prestados pelo governo no Brasil."

Você acha que é preciso obrigar todo o trabalhador brasileiro a três meses de corvéia estatal? Desculpe, mas você é muito hijo de puta. Nem o Faraó oprimia os egípcios com tanta manha.

Essa opressão está ligada ao problema do pagamento do salário. Um salário justo é impossível. Lógico. São tantos encargos a serem cobrados que é um sufoco pagar direito. Até quem recebe mais ou menos bem é vampirizado pelo Estado.

Por essas e outras, acho que seria necessário meio que uma teologia da libertação às avessas. Isso impediria o Estado-Trombadinha de roubar as nossas bolsas. Só a vingança de Deus expulsa o burocrata fanático do Estado.

3 comments:

Evelyn Mayer de Almeida said...

Eles receberão a recompensa que já pagaram, Frô. Believe!

Fábio V. Barreto said...

Lula et caterva que se cuidem...

Fábio V. Barreto said...

Fiquei besta quando o Lula disse isso. Infelizmente, não há grande reacção popular à derrama estatal no Brasil.