Sunday, February 13, 2011

Copiando nazis

A. Beevor, Berlim 1945: A queda, p.212:

Bormann (...) emitia ordens, através dos Gauleiters, sobre uma grande faixa de problemas. Chegara ao seu conhecimento, por exemplo, que os médicos já estavam realizando abortos em muitas vítimas de estupro que chegavam como refugiadas das províncias orientais. Em 28 de março, decidiu que a situação tinha de ser regularizada e emitiu uma instrução classificada como "Altamente confidencial!". Toda mulher que requisitasse um aborto nessas circunstâncias tinha, primeiro, de ser interrogada por um oficial da Kriminalpolizei para determinar a probabilidade de ter sido mesmo estuprada por um soldado do Exército Vermelho, como alegado. Só depois o aborto seria permitido.

O Brasil parece até a Alemanha Nazista...

No comments: