Friday, August 13, 2010

Roupa de mulher

A pergunta fundamental: "Frei, por favor, me responda: É pecado a mulher usar calças? Me disseram que tenho que usar saias somente, e no mínimo 20 cm abaixo do joelho!" Como sempre, a resposta foi sábia.

E outro mestre. Dom Ortega, em A rebelião das massas:

É, pois, uma bobagem perseguir em nome da moral a brevidade das saias em uso. Há nos sacerdotes uma mania milenar contra os modismos. A princípios do século XIII, nota Luchaire, "os sermonários não cessam de fulminar contra a longitude exagerada das saias, que são, dizem, uma invenção diabólica." Em que ficamos? Qual a saia diabólica? A curta ou a longa?

8 comments:

Evelyn Mayer de Almeida said...

Boa pergunta...

Bom, Caríssima, o que nos ajuda a entender o tamanho da saia modesta para a mulher é a moral, né? Até comentei sobre este assunto, esta semana, em meu blog.
Contudo, não podemos cair naquela idolatria da saia e demonizar as calças. Modéstia é uma coisa, puritanismo é outra.

Adalberto Queiroz said...

Ma chère,
Eu fico com o Souchon, que adora uma mulher de saias, discretas, charmosas, de marca ou não... sempre são "les jupes de fille" - sagradas, pois. Voilà!
Fraternellement à vous.
Beto.

Βδελυκλέων said...

É um tipo de puritanismo que muito me irrita. Aliás uma característica desses grupos de católicos é não ser "católico" (universal) em hipótese alguma e considerar que as condições culturais da itália em 1910 são universais. Isso em termos de costumes, de filosofia, de cultura, etc.

É igual auqele povo que diz que Beethoven é do mal ou que não se deve ouvir Mozart porque ele era maçom...

R. B. Canônico said...

Ocasião. Cada roupa tem sua ocasião.

E mau gosto é mau gosto.

Eu sempre tenho pena de mulheres que fazem de tudo par exibir seu corpo por aí. Sério, por mais linda que seja a mulher, eu acho isso definitivamente feio. Feio mesmo e pronto.

É como aquela tal musa da copa, Larissa Riquelme. Fala sério né?

Sara Carbonero é muito mais elegante, bela, enfim, mais tudo...

E não ´precisou usar decotes até o umbigo para isso...

Evelyn Mayer de Almeida said...

Mas é que tem mulher que não tem conteúdo, Canônico. Daí elas precisam mostrar o que lhes resta, tendeu?
E vc tá mto sumido, menino! Apareça!

Tanja Krämer said...

No Rio, moda é shortinho peguéti. Saia de um palmo também. Tudo conseqüência do Beethoven malvadão. Neguinho começa ouvindo a Appassionata e termina rebolando até o chão. :-D

Tanja Krämer said...

Oi, Adalberto. Que bom ver você por aqui. Beijos!

Evelyn Mayer de Almeida said...

Ou como diria uma amiga minha, a moda agora é roupa "pirigirls"
kkkk

adorei essa.