Friday, November 27, 2009

Fraternidade comunista

Eles começam abolindo a diferença de classes. Depois abolem as diferenças entre homens e mulheres. No fim, chegamos à fraternidade entre os homens.


1968, a revolução do amor.


Brejnev e Honecker selando um pacto para lá de Varsóvia.

5 comments:

R. B. Canônico said...

Ah, não sei se foram os comunas que começaram, mas que lá na Rússia é assim, é. Inclusive, um amig oque esteve nas Olimpiadas de INverno em Turim, 2006, ficou ocnstrangido com a comemoração dos russos.

Vai entender.

Jorge Fernandes Isah said...

Tanja,

é por essas e outras que abomino o comunismo. E nem sabia que eram tão asquerosos...

Motivo extra para nunca visitar um país comunista; e se preciso, fugir daqui, caso essa tragédia nos acometa.

Abraço.

Cláudio said...

Só posso dizer uma coisa: utererê!

zula said...

ai gente vamos mudar de assunto, isso ta tao monotono

leonardinho alcantara said...

cura pra aids eles querem , agora acabar com o comunismo ninguem nem pensa