Saturday, February 21, 2009

Charpentier: Tenebrae factae sunt

Não escutei todas as Méditations pour le Carême (Meditações para a Quaresma) do Charpentier. Só a sétima (Tenebrae factae sunt). Para dizer a verdade, eu nunca tinha ouvido nada do Charpentier. Me dei conta de que andei dormindo no ponto legal. Caramba, essa Tenebrae factae sunt é boa demais! É um moteto a três vozes e baixo contínuo. O sentimento é algo triste. Um pesar. Começa e termina meio meditativo, meio dolorido. A parte central é muito expressiva. É como se de repente a dor extravasasse. São os momentos mais dramáticos.

Melhor ouvir, né?



Up: Esqueci de dizer que cantam num latim afrancesado. É divertido.

1 comment:

Wagner Moura said...

Oi, como vai? Quero te premiar com o selo BLOG DE OURO. Confira: http://diasimdiatambem.wordpress.com/2009/02/22/meus-blogs-de-ouro/