Thursday, May 22, 2008

Trio parada dura

O primeiro vídeo é do Tom Palmer debatendo com o Ciro Gomes no Fórum da Liberdade. Uma maravilha ver o gringo demonstrando a hipocrisia e pilantragem desses beatos estatais (like Ciro). Falam que o mercado é malvado, que precisam defender o coitado do povo, mas adoram aproveitar tudinho o que o mercado lhes oferece. O Ciro chegou a sentir um comichão danado quando o Palmer disse que ele vive com bastante grana para os padrões brasileiros. (Meu diagnóstico: comichão causado pela hipocrisia desmascarada.) Palmas, palmas.





No vídeo seguinte, o Roberto Campos reclama do nosso nacionalismo bizarro, amparado num "fetichismo com o produto físico" (palavras dele). É que todo mundo adora dizer que produto x salvará o Brasil. Isso vem desde o tempo do ronca. Se o Roberto Campos estivesse vivo, veria que a bola da vez é... a cana-de-açucar. Regredimos para os tempos do Brasil-Colônia (assista ao vídeo e entenderá melhor o que eu quis dizer). Putz, sempre é alguma presepada nova. (Citaram no programa do Olavo um tal de Alborghetti: "No Brasil, tudo o que pinta de novo, pinta na bunda do povo." Pior que é verdade!)





Para terminar, veja como o Jair Bolsonaro trata com a doçura que merece o Tarso Genro. (Ele já disse coisas mais legais em outras ocasiões. Exemplo: "Genuíno não levou um tapa, um piparote sequer, de um militar para entregar todos os seus companheiros." E outras coisas que você sempre quis dizer no Congresso mas nunca teve oportunidade.) Um deputado puxa-saco tentou aquietá-lo. O Bolsonaro deu logo um chega-pra-lá. Repare como o terrorista aposentado (by Olavo de Carvalho) ficou de cabeça baixa quietinho. Com certeza estava puto da vida.


2 comments:

Igor said...

A areia monazítica é nossa!

Tanja said...

Os machos decadentes devem adorar. =)