Thursday, May 29, 2008

Novas européias

Antes eu pensava que fosse estranha. Não, tem gente pior. Segundo a London School of Hygiene and Tropical Medicine, os gordinhos são um dos culpados pelo aquecimento global. É isso aí. Se você for gordinho, você é mau, muito mau. Está destruindo o equilíbrio do planeta! Só digo que agora me deu vontade de ser enorme de gorda. Solidariedade aos gordinhos já! (*com punho levantado e tudo.)

(Falando em gente quase excluída do convívio humano, domingo passado até fiquei surpresa. Dez pessoas numa mesa. Um cara fumando. NINGUÉM fez cara feia. Repito: NINGUÉM. Fumante: "Olha, tem algum problema se eu acender um cigarro?" Alguém: "Claro que não." Pronto. É tão bom estar ao lado de gente normal...)

Agora uma outra notícia. Ativistas na Áustria estão lutando para que Matthew seja reconhecido como pessoa. Legal, né? Só que tem uma coisa. Ele é um chimpanzé. É verdade. Olha a fotinha dele, que gracinha. Então o negócio é o seguinte. Enquanto tem gente que jura que feto não é pessoa, outros acham que macaco é. Ponto para o filme O planeta dos macacos. Vão discutir o caso na Corte Européia de Direitos Humanos. Depois dizem que era em Constantinopla que discutiam coisas à toa enquanto a casa caía.

(Bizarrices assim vira e mexe aparecem na Áustria. Como a desse novo Moosbrugger.)

A coisa também está ruim mais para o norte. Lá na Inglaterra, um policial obrigou um cara a tirar a bandeira do país que ele usava no carro. Motivo: He saw the flag and said it was racist towards immigrants and if I refused to take it down I would get a £30 fine. Sacou? Aposto que daqui a pouco até as cinzas do Hitler vão conquistar a Inglaterra. Parece coisa de Monthy Python. Isso aconteceu no mesmo país onde o governo já propôs esterilização de moças e educação sexual obrigatória para crianças de 5 anos. Até fiquei feliz de ser una chica brasileña. (Isso durou 5 segundinhos.)

Melhor terminar bem. All's well that ends well. O Paul Belien diz coisas muito, muito legais nesse texto. O capitalismo e a noção de limited government têm uma origem geográfica comum. Nasceram bem na região onde ficava a Lotaríngia (Lotharii Regnum). Ela comportava a Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Suíça, leste da França, oeste da Alemanha e norte da Itália. Era uma região muito descentralizada. As cidades eram autônomas. Não havia cobranças de impostos pesadas para sustentar algum poderoso governante. Se tornaram prósperas logo. Essa autonomia fez com que as pessoas tivessem uma identidade local/regional muito forte. Nada de ser governado por gente morando em capitais distantes. P. Belien chama essa região de "espinha da Europa". Ele observa que vem dela os maiores protestos contra a União Européia, aculturação e entrada de imigrantes. Por isso a "espinha da Europa" é a maior arma de defesa do cristianismo e da própria cultura européia. 1200 anos de tradição não somem fácil.

3 comments:

Evelyn Mayer de Almeida said...

Nossa, que legal!
Macaco vai virar gente!
Daqui uns dias baleia também vira,
rato também vira,
lesma também vira
e quem sabe o ser humano vira gente um dia?!

Excelente notícia! =(

Evelyn Mayer de Almeida said...

Lê lá: http://fazeioqueelevosdisser.blogspot.com/2008/05/aos-trs-ministros-do-supremo-que-ainda.html

Cláudio said...

"Enquanto tem gente que jura que feto não é pessoa, outros acham que macaco é."

10!