Thursday, March 27, 2008

Fitna

Agora a moda é Fitna. É um documentáro do político holandês Geert Wilders sobre o Corão. Ou seja, vai falar da intolerância islâmica. É claro que os muçulmanos vão negar que são intolerantes. Prova disso serão as ameaças de morte a Geert Wilders, demonização da Holanda e do mundo ocidental todo. Vão fazer que nem os turcos, quando rolou a história de serem condenados pelo massacre dos armênios. (Para quem não sabe ou se lembra, os turcos saíram queimando carros e espancando pessoas na Holanda e Bélgica. Na Alemanha, até onde eu seu, ficaram na deles. A propósito, os judeus na França tem sido várias vezes agredidos pela arraia-miúda islâmica.)

O filme vinha provocando auê antes de ser lançado. O governo da Holanda estava bastante temeroso. (Uma observação. Já ouviram falar em finlandização? É o que vem acontecendo com a Europa em relação aos muçulmanos. Creep.) Alguns muçulmanos já deram uma de bebês chorões e reclamaram mil e uma coisas.

Não vi ainda o documentário. Foi lançado na Internet. Vai um link aí para o freguês? Só não me responsabilizo. Não vi nadinha. (Uma coisa: está em inglês. Mas quem souber holandês, pode assisti-lo nessa língua.)

UPDATE (sexta-feira, de noite): Não dá mais para assistir o filme no Liveleak. Eles retiraram devido a ameaças. Eu e a torcida do Flamengo já prevíamos isso. (Se você clicar no link que dei, ao invés de ver o filme você verá a explicação da retirada dele.) Mas ainda dá para vê-lo no The Brussels Journal. Ou no Youtube, em duas partes. Se eu fosse você, veria rapidinho ou então salvava (como eu fiz) no computador.

Só vi os primeiros 8 minutos (ele tem por volta de 15). Tem cenas bem chocantes.

O filme (até onde vi) são citações do Corão de um lado e cenas de terrorismo do outro. Por "cenas de terrorismo", entenda-se também incitações ao ódio. Há discursos (como de um carinha que de repente puxa uma espada dizendo que é preciso cortar a cabeça dos judeus) e cartazes (como no que está escrito "God bless Hitler"). É curioso ver também uns caras dizendo que querem dominar o mundo. Parece coisa de Pink e o Cérebro. Dizem até mais. Falam que querem dominar o mundo de novo. Lembra quando os muçulmanos tomaram a China, a América e a Europa? Pois é, eu também não. Só que com louco não se discute. Olha só o que deu terem discutido com respeito com os defensores do aborto...

No comments: