Wednesday, March 12, 2008

Adolescência

Porque outro dia lembrei do Musil. Sobre o que ele dizia da influência sensível de leituras de Schiller, de Göthe, de Shakespeare (eu digo: de Hölderlin). Leituras que produzem um estado encantatório quando somos mais jovens. Elas não nos deixam colocar nossos pés no chão. Pairamos no éter como os deuses de outrora. É verdade. Nos embrigamos (nós, os jovens que leram essas coisas na juventude) na beleza. No futuro despejaremos nas páginas poesia sentimental. Traços ingênuos. Como a ação do fluxo sangüíneo debaixo da nossa pele, as impressões daquelas belezas têm influência discreta. Sensivel, mas presente e modeladora. Só que a gente (estamos ainda com Musil) vive às cegas! As impressões ajudam a amortecer o caráter esquisito do mundo. São o nosso primeiro dedilhar na lira do mundo. Ainda estamos nos preparando para formar o nosso caráter. Está cedo para amadurecer!

E se tirarem de repente a poesia sentimental de nós? E se mostrarem muito rápido a dureza do chão? Nós (os jovens) não teremos para onde ir.

Adolescentes (ainda estamos com Musil), vocês são bobos! Se alguém jogar fora essa frágil proteção de vocês, sabem o que acontecerá? Vocês vão caminhar como bêbados. Esperem, não será assim. Será pior. Vocês vão caminhar feito idiotas!

6 comments:

Evelyn Mayer de Almeida said...

Agora eu não sei se sou jovem ou adolescente...
Acho que os dois...

Anonymous said...

Esse foi um momento Ulrich? ou um rasgão de Clarisse?

NO

nicolau@bosisiomaues.com.br

Tanja said...

Sou boba. Logo, adolescente. :P Mas a gente precisa dessa camada protetora no início da vida. É para não ficarmos lelés cedinho. Se eu tivesse um filhinho, ele iria ser educado só com Nielsen, Couperin e Schiller até os 14 anos. :-)

Tanja said...

Se fosse "momento Ulrich", aí eu estaria dizendo um negócio cínico. Se fosse "momento Clarisse", seria uma coisa esquisita qualquer. :-) (BTW, "O homem sem qualidades" é um dos livros com mais personagens legais "per pagina" que já li.) Esse texto é inspiração do Musil via Törless.

Anonymous said...

"Se eu tivesse um filhinho, ele iria ser educado só com Nielsen, Couperin e Schiller até os 14 anos"

Sei.

Você não perde por esperar. Se bem que alguns desenhos são bacanas, como Lazytown e Jakers.

NO.

Tanja Krämer said...

Meninas Super-Poderosas e Bob Esponja são legais também. Não sei se duram até lá.