Wednesday, August 01, 2007

Diário sobre nada

Agora um texto idiota no estilo diário. Mas muito idiota mesmo. Se tivesse alguma coisa interessantinha...

11h, segunda: com um baita sol na cara, acordei.
11h30: hora de verdade que acordei.
11h50: pão com queijo no esquentador; Nescau genérico.

Magnífica tela me mostrando às 11h sendo despertada pelo sol.

12h30: começo a ver Crepúsculo dos deuses
14h10: amigo resolve ligar no fim do último ato; marcamos de sair para uma loja de quadrinhos às 15h, quinta-feira – talvez com o irmão doidinho dele.
14h40: fim do primeiro ato.
14h42: alguém da Credicard liga para falar uma merda qualquer.
14h50: começo a ver o segundo ato.
15h45: termina o segundo ato, que me deixa impressionada; fico andando pela casa que nem bicho; leio uns trechos da Antologia da Literatura Universal, editada pelo Mário Ferreira dos Santos, aquele volume que tem um monte de frases legais.
16h05: vejo o último ato.

Zuloaga ressuscitou às 10h53 da sexta-feira anterior e me pintou às 11h08.

17h30: vejo o fim toda empolgada; vou para a cozinha colocar a lasanha no forno; começo a assistir a trechos de Siegfried, que já tinha visto sexta passada, a partir das 17h.
17h52: lasanha pronta; fico comendo e assistindo aos trechos ainda.
18h30: acabo de comer; dou uma entrada na Internet para ver e-mails e tal.
19h02: leio de novo a Antologia enquanto ouço música.
19h05: fico puta por causa do chiado do rádio.
19h06: me conformo com a chiadeira.
19h35: ouço o quarteto de cordas n.3 do Bártok, que tinha baixado às 3h05.
19h52: termino de ouvir e fico achando que se parece com os últimos quartetos de Beethoven; penso em alguma coisa nonsense sobre música.
19h58: vou assistir à reprise da outra semana de Lost.
19h59: lembro que às 15h23 de domingo eu tinha falado para uma amiga que com certeza não passariam a reprise de Lost, só porque eu não tinha assistido na outra semana.
20h: começa Lost; o que eu falei é confirmado; episódio é só encheção de lingüiça dos produtores.
20h32: assisto à Família Dinossauro, mas acho ruinzinho.

Versão da ópera que vi: Patrice Chéreau, 1980 (acho).

21h02: assisto ao episódio inédito de Lost, mas boiando um pouquinho.
21h39: meu pai chega em casa; começa a falar e a me atrapalhar, porque afinal de contas eu estava assistindo ao Lost!
21h50: o seriado acaba; dou umas lidas sobre Schumman em Uma Nova História da Música do Carpeaux.
22h02: lembro que começou o programa Collegium Musicum na Rádio MEC, às 22h, e vou ouvir.
22h03: fico assustada com as músicas bizarras do programa, dedicado à música antiga grega.
22h29: entro na Internet para baixar o talk show do Olavo, terminar de baixar o Te Deum do Bruckner (que tinha baixado em parte às 23h07 de domingo) e para pegar mais alguma coisa.
23h02: conexão uma merda, reinicio o PC; meu pai avisa que tem pizza pronta me esperando.
23h29: o PC continua baixando tudo, vou comer pizza.
23h41: meu pai me pergunta quem era o careca que apareceu adoentado no jornal das 23h (na verdade começou às 23h18); começo a explicar a história do coronel Litvinenko e faço vários links com o Brasil.
0h12: ainda falo sobre aquilo tudo; meu pai dorme comigo falando.
0h14: lavo a louça, escovo os dentes e dou uma olhada no PC.
0h15: xingo o cara de quem eu estava baixando o Te Deum porque ele sumiu.
1h02: entro no MSN e converso com amigos.
2h32: me dá vontade de baixar uns trechos de Siegfried.
3h20: meus amigos vão embora, mas um fica e começa a perguntar se quero namorar ele.
3h24: tento chamar outra amiga no MSN que está on, mas ela parece estar dormindo; as usual.
4h15: meu amigo vai embora conformado, porque não quero namorar ele.
4h23: me dá vontade de baixar a Pavane pour une Infante Défunte (claro, do Ravel, né?).

Monsieur Ravel au piano.

4h35: chamo de novo minha amiga; nada.
4h51: vou para a cama; o sono não vem.
4h58: volto pro PC, mas aí o sono vem.
5h04: durmo toda encolhida sob cobertas; agradeço por causa do tempo; friozinho é legal.

14h48 de hoje: tenho a idéia de escrever esse texto.
15h11: termino o texto; resolvo escrever a versão II
15h52: acabo a versão II, esta aqui; vou almoçar e ver Gilmore Girls, 16h.

No comments: